6
jan

Santa Catarina era é o único estado, da região Sul e Sudeste do Brasil, que não possuía uma lista informando quais as espécies de sua fauna que apresentam risco de desaparecimento da natureza em um futuro próximo. Por este motivo a IGNIS – Planejamento e In-Formação Ambiental considerou a importância política de serem identificadas as espécies da fauna nativa catarinense, ameaçadas de extinção, visando subsidiar estratégias que permitam sua recuperação e conservação. Para tanto, tem se empenhado, nos últimos anos, na identificação de grupos de pesquisadores que desenvolvem pesquisas sobre as espécies nativas do estado, culminando com a organização de três encontros.

Leão baio, puma - Puma concolor – espécie vulnerável

Nestes encontros foram identificados estudos, grupos de pesquisas e projetos desenvolvidos sobre os diferentes grupos da fauna catarinense, com a finalidade de subsidiar a elaboração da lista vermelha de espécies da fauna catarinense ameaçadas de extinção, considerando que o conhecimento e apoio de todos são de fundamental importância para o sucesso deste trabalho, que necessita sensibilizar a sociedade, a fim de que seja possível reverter os principais processos responsáveis pela perda de nossa biodiversidade.

Gavião Real -Harpia harpyja – espécie  criticamente ameaçada em Santa Catarina.

A elaboração da lista vermelha de Santa Catarina teve início em 2007 de forma voluntária e ao final de 2008 com apoio e patrocínio da Fundação do Meio Ambiente de Santa Catarina – FATMA, os trabalhos puderam ser intensificados. No dia 19 de julho de 2010 o projeto foi concluído, com a entrega da lista vermelha estadual na FATMA.

Veado-mateiro – Mazama americana - espécie em perigo em Santa Catarina.

A  FATMA,  vem negociando nas esferas de governo, para que a Lista seja publicada o quanto antes, possibilitando a aplicação de seus efeitos legais. Entretanto,a IGNIS   também estará acompanhando e contribuindo, na medida das possibilidades, em conjunto com a FATMA, através de recursos de compensação ambiental.

Mero - Epinephelus itajara – espécie em perigo em Santa Catarina.

A Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas já vem tarde se considerarmos que o estado de Santa Catarina é um dos campeões de desmatamento da Mata Atlântica, o que torna o problema ainda mais sério, pois sabemos que a perda do habitat é a principal causa do desaparecimento de espécies no planeta.

Ao todo são 261 espécies da fauna catarinense que contemplam esta triste lista (vertebrados, invertebrados, aquáticos e terrestres), dentres estas, 121 estão na categoria vulnerável, 71 em estado crítico ou criticamente ameaçadas e 69 em perigo.

As categorias de espécies ameaçadas de extinção, foram estabelecidas pela União Internacional para a Conservação da Natureza- IUCN, neste blog já existe um artigo sobre o tema, LEIA↓ para saber melhor interpretá-las.

Espera-se que esta lista, cumpra com os reais objetivos de sua elaboração, e não sirva para caçadores, traficantes de animais silvestres se interessarem ainda mais pela prática com o intuito de lucrar com a venda das mesmas, atendendo aos caprichos de colecionadores, pelo fato de serem raros e agregarem maior valor, é deprimente saber que pessoas tem usado as Listas Vermelhas para tirar vantagem financeira através do tráfico de animais.

O COA – Clube de observadores de Aves de Joinville e Região, disponibiliza a lista das espécies da fauna ameaçadas de extinção em Santa Catarina, através de seu site  CLIQUE AQUI↓ e saiba quais são os animais ameaçados nas terras Barriga Verde.

Fonte: IGnus e COA

Imagens: Wikipédia

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...







Fatal error: Uncaught CurlException: 60: SSL certificate problem, verify that the CA cert is OK. Details: error:14090086:SSL routines:SSL3_GET_SERVER_CERTIFICATE:certificate verify failed thrown in /home/conscienciacomciencia/www/wp-content/plugins/seo-facebook-comments/plulz/lib/Model/PlulzFacebookAbstract.php on line 829